Regina Johas

São Paulo/SP, 1959

  • Mondriana (1997)
    instalação em vinil
  • Rendado (1995)
    computação gráfica
  • Canto para Malevich (1996)
    tecido sobre tela
Small_arrow_left Small_arrow_right

Regina Johas

A produção de Regina Johas abrange diversas mídias (da pintura-objeto à infografia). A instalação Mondria e a série Rendados, apresentadas na Temporada de Projetos, são resultado de sua tese de mestrado. O desenho, de grande importância para a artista no processo criativo, teve espaço relevante na mostra, entre esboços e projetos. Em 2006, participou da Virada cultural com a intervenção urbana Campo de geometrias sensíveis (cama de gato),uma mistura de dança, artes plásticas e jogo. Foi responsável por várias curadorias, entre elas, Trans-imagem, na Galeria Virgílio, em 2010.

Regina Johas

"I find it difficult to write a statement that will be a
correct summation of my philosophy of art. The
work itself seems to subvert such statements, while
the total of one's work creates its own philosophy.
This emerges from work to work, successful ones or
failures, finding its own dimensions. The total of all
past work exerts its influence on the new work. The
new work combines the reality of the old and
destroys the idea in which it was conceived. It
cannot be understood except in context of the other
work, the original idea being lost in a mess of
drawings, figurings, and other ideas. [Sol Lewitt]

Esta exposição é o fruto de dois anos de produção plástica que confere corpo à minha tese de Mestrado. Abrangendo diversos media (da pintura-objeto à infografia), as Expansões, o Canto para Malevich e as Mondrianas - os três núcleos que constituem a tese - possuem uma série de características em comum que Ihes permite estar reunidos num único organismo de investigação plástica. Dada a configuração do espaço de exibição e a grande dimensão destes trabalhos, optei por apresentar aqui no Paço das Artes o último núcleo da pesquisa. Os dois primeiros núcleos - Expansões e Canto para Malevich - estão ilustrados por documentação fotográfica e pelo conjunto de todos os estudos e projetos que antecederam sua realização.

A exposição é, pois, subdividida em dois núcleos: o primeiro consiste na instalação-tapete Mondria e na série Rendados, enquanto que o segundo agrupa a totalidade dos projetos, esboços e desenhos que acompanharam o percurso de criação dos três núcleos desde o início de sua concepção. Com relação a este último bloco, a ideia de um "corredor de desenhos" a ser percorrido surgiu da intenção de recriar as múltiplas direções por que passou o pensamento plástico, ficando mapeado, assim, o itinerário conceitual e prático de sua realização. 

* Regina Johas foi artista convidada para Temporada de Projetos 1997
  • Realização: