Galciani Neves

Dia de festa é véspera de dia de luto
Galciani Neves
Nosso tempo reveste-se de antinomias, que apenas aparentemente enquadramos como opostas: corpo e mente, fato e crença, real e fantasia. A razão ocidental, ao aplicar as concepções “esclarecedoras” àquilo que transcende, de caráter inapreensível, ao menos para a nossa vã consciência de mundo, sistematiza e abafa as vozes mais impulsivas, delegando-as a símbolos rasos para que possamos deglutir o surpreendente sem esforço. A princípio, como diz Agamben, a tarefa de nomear as c...

Bruno Vilela


Territórios forjados
Galciani Neves
Galciani Neves entrevista Andrey ZignnattoG: Sua história pessoal é um disparador para seu trabalho com o tijolo? Como você encara essa relação autobiográfica e ao mesmo tempo questionadora do que você praticava poeticamente?A: Desde a adolescência produzia pintura em tela, com conhecimentos acadêmicos e uma tendência modernista. Os resultados que alcançava por meio destes procedimentos tradicionais não mais respondiam às minhas expectativas e anseios, não me encontrava mais ali. T...

Andrey Zignnatto


Bermúdez: se extinguen las fieras?
Galciani Neves
Abaixo, o depoimento de Flavia Mielnik sobre a exposição “Bermúdez: se extinguen las fieras?” para a curadora Galciani Neves. Em novembro de 2016, no teatro de Lincoln, aprendi que Bermúdez é uma das onze cidades que integram o distrito de Lincoln, no interior da Argentina. Eu fazia parte de um grupo de onze artistas que se reuniram para trabalhar nas onze localidades daquele distrito, cada um em uma cidade. Para que cada artista pudesse escolher seu destino dos próximos dias, os ...

Flavia Mielnik


  • Realização: