Maria Montero

Oficina botânica ordinária
Maria Montero
M.M.: Normalmente as práticas ligadas ao campo das artes visuais são bastante solitárias. Há coletivos e parcerias, são, entretanto, uma minoria. O que os levou a trabalhar em dupla? Quais as motivações?B.O. e V.T.: O disparador da nossa produção conjunta foi um exercício hipotético de projeto para um jardim de uma casa em Foz do Iguaçu. Haviam duas plantas que escorriam pelas frestas do quintal e dos terrenos baldios da região: cosmo amarelo e erva de santa luzia. A partir delas, c...

Bruno O. e Victor Tozarin


  • Realização: